domingo, 7 de maio de 2017

BCP prestes a enfrentar resistência dos 23,2 cêntimos

Terminamos a análise à banca com o BCP. O BCP segue no seu caminho de glória, tendo subido já 33% desde que deu sinais técnicos de inversão. E mesmo para quem não conseguiu aproveitar entrar numa primeira fase, o título deu uma segunda oportunidade ao encostar à zona técnica de suporte dos 17,79 cêntimos. Agora, a força do bom momento será novamente verificada, com o enfrentar de uma resistência de solidez média. À primeira vista diria que esta não será suficiente para gerar uma inversão, mas poderá ser geradora de uma consolidação ou mesmo uma retracção. Saudável, se me perguntarem, já que o actual afastar da zona de referência para colocação de stops pode levar quem está dentro a desalavancar a posição, gerando assim pressão vendedora.

Ora, fica então a zona dos 23,2 cêntimos como próximo alvo a eliminar, e mantenho o suporte dos 17,79 cêntimos como referência de saída. Conforme mencionei, apesar da distância significativa, continua a ser o único ponto que pode ser considerado como um suporte de consistência. Apesar disso, até que o mesmo seja quebrado em baixa, o meu optimismo de médio prazo mantém-se.

Reminder: Últimas vagas disponíveis para o seminário do próximo sábado, no Sheraton Porto. Entrada grátis, mediante inscrição (link)


Sem comentários: